“Se fosse estrangeira estariam a cantar sobre a beleza da sua cintura e olhos, mas como é saudita, estão a pedir que seja presa”.

Jovem Khulood de minissaia

Uma mulher publicou um vídeo de 6 segundos a passear num forte histórico, na Arábia Saudita, com o cabelo solto e com uma minissaia vestida.
A jovem modelo Khulood partilhou o vídeo na rede social Snapchat, que se tornou viral e iniciou um debate nas redes sociais, com pessoas a pedir a prisão da jovem por ir contra o código de vestuário da Arábia Saudita e outros a saudarem-na pela coragem por ir contra a norma do país.
O vídeo terá sido um protesto contra os códigos de vestuário da Arábia Saudita, depois de, recentemente, a ativista Loujain al-Hathloul ter sido presa por conduzir, algo que as mulheres não podem fazer neste país.

Depois do Comité para a Promoção da Virtude e Prevenção do Vício (a polícia religiosa da Arábia Saudita) ter avisado que estava a acompanhar o caso "da rapariga em trajes indecentes" e que iria tomar as "medidas necessárias", a jovem foi presa e interrogada.
Entretanto, Khulood já foi libertada.

“Se fosse estrangeira estariam a cantar sobre a beleza da sua cintura e o encanto dos seus olhos… Mas como é saudita, estão a pedir que seja presa”, pode ler-se num tweet.


Subscrever a Newsletter

Partilha:

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.