A Sabor Fazer é uma empresa portuguesa vegan dedicada à alimentação saudável e a um estilo de vida mais sustentável e ético.

Bruschetta

A Sabor Fazer é uma empresa portuguesa vegan dedicada à alimentação saudável e a um estilo de vida mais sustentável e ético.

O UniPlanet falou com Ana Castro, fundadora da Sabor Fazer, para ficar a conhecer melhor este projeto.


UniPlanet (UP): Como nasceu a Sabor Fazer?

Estava grávida pela terceira vez quando decidimos deixar Lisboa e rumar para o Entroncamento. Tinha deixado a minha profissão para me dedicar à educação e formação dos meus filhos. Estava a tornar-me vegana e a oferta de produtos naturais e de qualidade era escassa. Queria mudar o estado das coisas e assim surgiu a Sabor Fazer. Percebemos que para haver procura há que criar condições para haver oferta, e a mais eficaz possível. A Sabor Fazer veio colmatar esse vazio, mostrando que há alternativas, para além do tradicionalmente aceite, que podem ser mais interessantes e que há todo um mundo novo de possibilidades. Estamos a falar, numa fase muito primária, de alimentação!


Cheesecake


UP: Que serviços disponibilizam?

O catering, a consultoria e a formação são os serviços que acompanham a Sabor Fazer desde o início do projeto. Atualmente, temos um espaço aberto ao público, no centro do Entroncamento, com mercearia bio e serviço de refeições take-away-or-stay (a Marmita).

Não nos limitamos a vender produtos ou refeições, partilhamos todo o nosso saber a quem aparece: seja na compra de um vaso de microvegetais, de um suplemento ou de uma refeição. Oferecemos um leque vastíssimo de snacks saudáveis, confecionados por nós e diariamente: sopas, saladas, húmus, sumos vivos, smoothies, tostas, sobremesas… É também no Atelier que acontecem os workshops e as oficinas de culinária 100% vegetal e onde ajudamos quem quer mudar, através de consultas individualizadas que se transformam, muitas das vezes, em aulas de cozinha ao domicílio.

Podemos afirmar, com imensa felicidade, que são cada vez mais as pessoas que nos procuram: para comer de forma mais saudável, para saber como mudar a alimentação lá em casa ou na empresa, para ajudar a filha que quer ser vegetariana ou para matar a curiosidade. E é com ainda mais felicidade que gritamos aos ventos: há cada vez mais vegetarianos por aqui!!



Salada de quinoa


UP: A sua família foi responsável pela implementação de refeições vegetarianas nas escolas do Entroncamento (onde andavam os seus filhos). Na altura, foi difícil conseguir este feito?

Não foi difícil. Foi necessário um diálogo aberto, compreensivo e persistente. Estamos a falar de escolas públicas. Estamos a falar de uma empresa externa gestora de refeições escolares que não está habituada ao tema e cujo contrato não obriga(va) ao fornecimento de refeições estritamente vegetarianas.

Estamos a falar de um Agrupamento de Escolas com um Caderno de Encargos que permite a opção de refeições alternativas por motivos de ordem ética, lacuna que existiu desde sempre na legislação (que contemplava apenas motivos de ordem médica ou religiosa). Estamos a falar de uma Câmara Municipal com vontade de apoiar e de mudar. Foi demorado, foi exigente, mas lá aconteceu.

Foi uma pequena vitória no meio da maior das preocupações: a qualidade das refeições! Agora a conversa será outra. Temos uma recente lei que estabelece a obrigatoriedade de refeições vegetarianas em cantinas e refeitórios públicos e cujas palavras de ordem são diversidade, qualidade e disponibilidade nutricional. Veremos.



Gelado


UP: Onde podemos encontrar mais informação sobre a Sabor Fazer e sobre os vossos workshops?

Estamos nos preparativos finais para relançar o site, que terá informação mais detalhada sobre os nossos serviços e também algumas surpresas. Por agora, podem seguir-nos através das redes sociais (Facebook e Instagram) e ficar a saber tudo o que andamos a fazer. Posso deixar uma mensagem para quem nos lê?

UP: Claro que sim!

Temos algo que nos diferencia dos outros seres: o livre arbítrio. Temos o poder de mudar, basta querer. E se as nossas escolhas têm impacto no nosso corpo, na nossa saúde, no ambiente e no único Planeta que temos, por favor, considerem o veganismo!


Muito obrigada The UniPlanet, pela oportunidade e pelo vosso fantástico projeto!

Subscrever a Newsletter

Partilha:

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.