Berkeley aprovou uma legislação que proíbe a venda de peles de animais dentro dos limites da cidade.



A Câmara Municipal de Berkeley, na Califórnia, aprovou uma legislação que proíbe a venda de peles de animais dentro dos limites da cidade. Berkeley é a segunda cidade dos Estados Unidos, a seguir a West Hollywood, a promulgar uma legislação que impede a venda de peles.

A decisão do município está a ser saudada por vários grupos de defesa dos direitos dos animais, incluindo a Coligação pelos Animais de Berkeley e a PETA.

“A nova proibição de Berkeley prevenirá que muitos animais sejam espancados, eletrocutados e até esfolados vivos para se fazerem casacos, golas, punhos e pequenos pompons ridículos”, declarou a presidente da PETA, Ingrid Newkirk.

Subscrever a Newsletter

Partilha:

Comentários:

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.