Cientistas descobriram 3 novas subespécies de leopardo-das-neves.



Afinal, o leopardo-das-neves não é, como se pensava, uma espécie monotípica. Um novo estudo revelou que existem três subespécies deste grande felino: a subespécie do norte, Panthera uncia irbis, presente na região de Altai; a subespécie central, Panthera uncia uncioides, presente no cerne dos Himalaias e no Planalto do Tibete, e a subespécie ocidental, Panthera uncia uncia, presente na cordilheira de Tien Shan e de Pamir e nas regiões trans-Himalaias.

Segundo os cientistas, os padrões de variação entre as subespécies sugerem um “efeito de barreira”, graças às bacias desérticas da zona, sendo que a subespécie do norte fica isolada pelo Deserto de Gobi e a central e a ocidental são divididas pelos trans-Himalaias.

Considerado o grande felino mais elusivo do mundo, o leopardo-das-neves vive, principalmente, em montanhas, a mais de 3000 metros de altitude, e distribui-se ao longo de cerca de 1,6 milhões de km2 em 12 países da Ásia. O seu carácter esquivo, aliado às condições rigorosas do seu habitat que é caracterizado por níveis baixos de oxigénio, extremos de temperatura e aridez, faz com que sejam animais difíceis de localizar e estudar.

“Este estudo é importante já que nos dá um primeiro vislumbre da forma como as populações de leopardos-das-neves estão estruturadas e ligadas. Em suma, populações que estão ligadas a outras são mais estáveis e é maior a sua probabilidade de subsistir”, explica um dos autores do estudo, Jan Janecka.

“A delineação das subespécies oferece-nos dois benefícios principais. O primeiro é uma melhor compreensão da evolução e ecologia da espécie. O segundo é que possibilita medidas de conservação mais flexíveis, para que os planos possam ser desenvolvidos especificamente para os desafios enfrentados numa determinada região. O nosso estudo realça a necessidade de iniciativas transfronteiriças para proteger esta e outras espécies selvagens na Ásia.”

O estudo foi publicado na revista científica Journal of Heredity.


Subscrever a Newsletter

Partilha:

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.