A Câmara de Paris vai distribuir 40 mil larvas de joaninhas aos moradores da cidade para combaterem as pragas dos seus jardins.



A Câmara de Paris vai distribuir 40 mil larvas de joaninhas pelos moradores da cidade para estes combaterem as pragas dos seus jardins sem o uso de pesticidas.

“Paris é uma cidade que não utiliza pesticidas nos parques e jardins públicos há vários anos. Em 1985, interditamos todos os produtos organofosforados e organoclorados. Além disso, temos uma gestão ecológica dos espaços verdes", explicou Pénélope Komitès, diretora do Departamento dos Espaços Verdes de Paris.

“A distribuição de larvas de joaninhas faz parte deste programa [Plano de Biodiversidade para Paris], para incentivar os parisienses a não utilizar produtos químicos, que são prejudiciais para a saúde e para o ambiente.”

Pénélope lembra que esta ação também procura preparar os moradores da cidade para a adoção da lei Labbé que, no dia 1 de janeiro de 2019, proibirá definitivamente o uso de pesticidas em jardins particulares.

A distribuição ocorrerá em maio e junho na Casa da Jardinagem, no parque de Bercy, em Paris. "Durante meia hora vamos explicar num workshop como colocar as larvas sobre as folhas onde há pulgões. (…) Depois das explicações, eles podem levar a caixa com as larvas”, explicou Pénélope.

Fonte: rfi

Subscrever a Newsletter

Partilha:

Comentários:

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.