Nepal um país que foi invadido por lixo.



Na nossa imaginação, o Nepal é um lugar de natureza intocada, de templos e locais sagrados. Poucas pessoas conhecem o outro lado da imagem: um país devastado por plástico e resíduos trazidos pelo turismo de massas e pela rápida expansão do consumo numa civilização ainda arcaica.

Em 2011, um grupo de voluntários começou a recolher o lixo encontrado nos picos dos Himalaias e em áreas sagradas do Nepal. São conhecidos como os Soldados Verdes, um exército liderado por Achut Gurung, que, numa versão de Bollywood de Don Quixote, lutam contra as montanhas de plástico escondidas pela indiferença, desprezo, ignorância e, acima de tudo, pela gradual perda da identidade cultural. Hoje, depois de anos a recolherem o lixo, os Soldados Verdes querem deixar uma marca duradoura, reapropriando um símbolo antigo e reconstruindo harmonia e beleza a partir dos resíduos. A 3 de maio de 2014, no centro de uma das praças mais sagradas de Kathmandu, depois de enormes dificuldades, de anúncios na rádio e televisão, os Soldados Verdes criaram um enorme Mandala feito com o plástico recolhido nos quatro cantos do Nepal.

Título Original: Waste Mandala
Duração: 52 minutos
Ano: 2015



O documentário pode ser visto com legendas em português até ao dia 2 de maio na RTP Play.

Subscrever a Newsletter

Partilha:

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.