Participe na Semana All Star e contribua para a compra de equipamento para as estrelas da Seleção Nac. de Basquetebol em Cadeira de Rodas.



Aproveitando o mote da transmissão do evento All Star Saturday Night, o Centro Comercial Alegro Alfragide, a Federação Portuguesa de Basquetebol e a Associação Nacional de Desporto para Deficientes Motores (ANDDEMOT) convidam-nos a conhecer os desafios que os praticantes de basquetebol em cadeira de rodas enfrentam.
De 11 a 18 de fevereiro, quem participar na Semana All Star estará a contribuir para a compra de equipamento para as estrelas da Seleção Nacional de Basquetebol em Cadeira de Rodas.

O UniPlanet falou com os organizadores da Semana All Star para conhecer melhor este evento.


UniPlanet (UP): A Semana All Star é um evento para fãs de basquetebol, mas também aberto à comunidade em geral. Querem contar-nos como surgiu a ideia e o que irá decorrer de 11 a 18 de fevereiro?

De 11 a 18 de fevereiro decorre no Alegro Alfragide uma grande campanha de cariz solidário a favor da Seleção Nacional de Basquetebol em Cadeira de Rodas.
Tudo começou porque na próxima madrugada de 18 para 19 de fevereiro, transmitimos nas salas do Cinema City, uma noite mítica para qualquer fã de basquetebol, a All Star Saturday Night da NBA. De forma quase imediata ocorreu-nos fazer desta noite o mote para uma semana inteira dedicada a apoiar a Seleção Nacional de Basquetebol em Cadeira de Rodas.
Reunimos esforços internos e com o apoio da Federação Portuguesa de Basquetebol e da Associação Nacional de Desporto para Deficientes Motores (ANDDEMOT), organizámos esta semana.

Por um lado, queremos sensibilizar a população para as dificuldades, logísticas e financeiras, de quem pratica basquetebol em cadeira de rodas. É importante que todos tenhamos consciência dos desafios que estes atletas enfrentam. Para além da sua condição física, acumulam os constrangimentos relacionados com a aquisição de equipamento especializado, o que comporta valores avultados. Para termos uma ideia, uma cadeira de rodas adaptada tem um valor de 5000€. Por isso, queremos também angariar o máximo de donativos financeiros para a Seleção Nacional de Basquetebol em Cadeira de Rodas.

A nossa Praça Principal dá lugar a um mini campo de basquetebol em que qualquer pessoa pode jogar e fazer lançamentos, da forma mais convencional, mas o verdadeiro objetivo é que o façam a partir de uma Cadeira de Rodas, para terem noção da dificuldade acrescida que é. A Seleção Nacional de Basquetebol em Cadeira de Rodas está também presente em alguns dias para interagir com o público com demonstrações e sessões de autógrafos.
Fazendo um balanço destes primeiros dias da Semana All Star aqui no Alegro Alfragide, não poderíamos estar mais satisfeitos. A adesão de adultos e crianças tem superado em muito a nossa expectativa. Ver a interação e os laços de solidariedade e entreajuda que se geram entre pessoas na sua plenitude física e aqueles que dependem de uma cadeira de rodas, deixa-nos verdadeiramente felizes.


UP: De que forma podemos participar e apoiar a Seleção Nacional de Basquetebol em Cadeira de Rodas (SNBCR)?

São várias as formas que encontramos para apoiar a SNBCR. Preparámos um conjunto de atividades cuja participação tem um valor simbólico, no entanto, qualquer pessoa, participando ou não nestas atividades, pode adquirir a nossa pulseira #DesafiaOsTeusLimites. Esta pulseira está à venda por 1€, no Balcão de Informações ou na Praça Principal junto ao mini campo de basquetebol e o valor que alcançarmos reverte na totalidade para a SNBCR.
Organizámos também um Concurso de Lances Livres, cuja inscrição tem o custo simbólico de 1€. Este valor reverterá também na sua totalidade a favor da SNBCR. Para incentivarmos ao maior número de participações, o concurso terá como prémio uma viagem para assistir a um jogo dos NY Knicks no Madison Square Garden. Criámos ainda um Passaporte All Star para ser carimbado em cada atividade realizada pelos participantes. Quem participar em todas terá direito a um prémio extra. Desta forma pretendemos incentivar o maior número possível de participações.




UP: Quais as principais dificuldades que enfrentam os jogadores de basquetebol em cadeira de rodas em Portugal?

Genericamente, e daquilo que este contacto mais próximo ao longo do último mês nos permitiu conhecer, ser uma modalidade pouco divulgada e os apoios escassos, fazem parte das principais dificuldades que os jogadores de basquetebol em cadeira de rodas enfrentam no nosso país. Por outro lado, os custos associados à prática da modalidade são, sem dúvida, um entrave à constituição de novos clubes e de mais equipas.
Mais especificamente, o Comité Nacional de Basquetebol em Cadeira de Rodas, partilhou connosco que o transporte próprio e adaptado (carrinha com elevador) para a deslocação para treinos e alguns jogos, assim como cadeiras de desporto concebidas à medida (altura, largura, comprimento), fazem parte das principais dificuldades destes atletas.


UP: Quais as três razões porque não devemos faltar à Semana All Star?

Em primeiro lugar, para apoiar a Seleção de Basquetebol em Cadeira de Rodas, ficar a conhecer a modalidade e os desafios com que estes atletas se deparam e a forma como os superam.
Por outro lado, é uma oportunidade de cada um desafiar os seus limites e, com isso, habilitar-se a ganhar uma viagem a Nova Iorque para 2 pessoas.
Vibrar com as emoções do basquetebol em conjunto com outros fãs é também uma excelente razão para não faltar à semana All Star do Alegro Alfragide!


Vejam mais em:
Alegro Alfragide




Partilha:

Comentários:

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.