Portugal vai apresentar queixa em Bruxelas contra a intenção de Espanha de construir um armazém de resíduos nucleares junto à fronteira.



Portugal vai apresentar queixa em Bruxelas contra a intenção de Espanha de construir um armazém de resíduos nucleares junto à fronteira com Portugal.

“No que diz respeito à avaliação de impactos transfronteiriços, não estamos de acordo e não conseguimos ter um merecimento nesta opinião por parte do Governo de Espanha” por esta razão “Portugal vai solicitar a intervenção de Bruxelas neste caso”, anunciou o ministro do Ambiente, João Matos Fernandes. “A Comissão Europeia é a última guardiã da diretiva e, havendo aqui um diferendo entre dois países vizinhos e amigos, esse diferendo tem de ser resolvido por quem tem competência jurídica para o poder resolver”.
O caso deverá ser apresentado a Bruxelas, segunda-feira, dia 16 de janeiro.

A central nuclear de Almaraz situa-se a 100 km de Portugal.
"O que está aqui em causa é um projeto que tem potenciais impactos ambientais no nosso país. Os potenciais impactos transfronteiriços não foram estudados. Essa avaliação não foi feita", reiterou o ministro.

Subscrever a Newsletter

Partilha:

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.