O Departamento de Agricultura lançou um programa de subsidiação para promover a agricultura biológica em Goa e reduzir o uso de químicos.



Num esforço para promover a agricultura biológica em Goa e reduzir a utilização de fertilizantes e pesticidas químicos, o Departamento de Agricultura do estado lançou um programa de assistência para a utilização de fatores de produção para agricultura biológica.

“Este é o primeiro passo que tomámos em direção à agricultura biológica neste estado. Espera-se que cada vez mais agricultores devam adotar a prática da agricultura biológica depois de aproveitarem este programa”, disse o diretor do Departamento de Agricultura de Goa, Ulhas Pai Kakode.

Com o programa, o governo atribuirá um subsídio no valor de 50% do custo dos fatores de produção de agricultura biológica aos agricultores, limitado a 10 000 rupias (cerca de 136€) por hectare e a um máximo de 2 hectares ou 20 000 rupias (273€) por beneficiário, conta o jornal Times of India. Estes fatores de produção agrícola incluem os fertilizantes, pesticidas e agentes de controlo biológicos.

Segundo o ministro da Agricultura, Ramesh Tawadkar, a produção agrícola no estado tem visto um aumento significativo nos últimos quatro anos, sendo que 16,6% dos goeses se encontram, atualmente, neste sector. Em 2016, produziram-se mais 100 toneladas de legumes do que ano anterior, em que a produção rondou as 375 toneladas.

Goa não é o único estado do país do Sul da Ásia a promover a agricultura biológica. No principio de 2016, Siquim tornou-se, oficialmente, o primeiro estado indiano com agricultura 100% biológica. Querala, Mizoram e Arunachal Pradesh também estão a seguir esta tendência.

Foto: Dominik Hundhammer
Partilha:

Comentários:

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.