Na ilha Rathlin, na Irlanda do Norte, uma família está a cultivar algas kelp no mar, que depois são vendidas para restaurantes.



Na ilha Rathlin, na Irlanda do Norte, uma família está a cultivar algas kelp no mar, que depois são vendidas para restaurantes de países europeus e asiáticos, como a Coreia e o Japão (onde são usadas na famosa sopa de miso).

Segundo Kate Burns, criadora da empresa “Ocean Veg Ireland”, seria bom que no futuro houvesse produção de algas em torno das turbinas eólicas no mar, de forma a rentabilizar estes espaços.




Fonte: DW
Partilha:

Comentários:

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.