Milhares de mulheres da Palestina e de Israel reuniram-se numa marcha para pedirem um acordo de paz entre os dois povos.



Milhares de mulheres da Palestina e de Israel reuniram-se numa marcha de duas semanas até à residência do primeiro-ministro israelita Benjamin Netanyahu para pedirem um acordo de paz entre os dois povos. Esta manifestação foi chamada de "Marcha da Esperança".

"Não vamos parar enquanto Netanyahu e o presidente da Autoridade Palestiniana Mahmoud Abbas não se sentarem à mesa de negociações novamente", contou Orna Ashkenazi, uma das organizadoras da manifestação.



Foto: teleSUR
Partilha:

Comentários:

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.