O ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes, visitou o Festival de Observação de Aves onde libertou uma águia-calçada.

Ministro do Ambiente liberta águia-calçada

Hoje, dia 4 de outubro, o ministro do Ambiente, João Pedro Matos Fernandes e o secretário de Estado Adjunto e do Ambiente, José Mendes, visitaram o Festival de Observação de Aves & Atividades de Natureza. O maior evento em Portugal dedicado à natureza que teve início no dia 30 de setembro e que decorre até ao dia 5 de outubro em Sagres, no concelho de Vila do Bispo.

Durante a sua visita ao Forte do Beliche, o ministro do Ambiente libertou uma águia-calçada e o secretário de Estado Adjunto e do Ambiente uma águia-de-asa-redonda. Duas aves provenientes de cativeiro ilegal, recuperadas no Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens (RIAS), gerido pela Associação ALDEIA, e que hoje foram devolvidas à Natureza. A meio da manhã participaram num passeio por Sagres, tendo a oportunidade de plantar, simbolicamente, uma oliveira e um pinheiro e de remover uma espécie invasora, o chorão-das-praias.

Adelino Soares, presidente da Câmara Municipal de Vila do Bispo no seu discurso afirmou que “o evento deste ano já superou em vários aspetos os anos anteriores. Nós e os nossos parceiros temos conseguido gradualmente que este evento tenha mais notoriedade, o que também se deve à conquista do “Prémio Município do Ano de 2015” e à excelente equipa que temos, nomeadamente a Almargem, a Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves (SPEA) e o Município. Este ano tivemos mais 100 atividades que na edição anterior, perfazendo as 300 e muitas esgotaram antes do festival começar. Este ano o evento dura 6 dias, mais dois do que em 2015 e já foram observadas 110 espécies. Recebemos participantes de mais de 20 nacionalidades. De facto não é qualquer lugar que tem as condições de Sagres para a observação de aves.”

O evento promovido pela Câmara Municipal de Vila do Bispo tem a SPEA e a Associação Almargem como copromotores. Acontece nesta altura do ano porque é o pico da altura da migração de outono, quando as aves migratórias deixam o nosso país em direção a terras quentes africanas.



Ministro do Ambiente liberta águia-calçada
Partilha:

Comentários:

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.