Segundo o governo holandês, os avanços científicos dos últimos anos fazem com que não se justifique continuar-se a torturar animais.

Coelho

A Holanda aprovou, em abril, uma moção que exclui progressivamente os testes de laboratório feitos em primatas. O seu novo objetivo é alargar esta medida a todos os animais até 2025. Segundo o governo holandês, os avanços científicos dos últimos anos fazem com que não se justifique continuar-se a torturar animais.

Julia Baines, da PETA do Reino Unido, e Yvonne Lemmen, da PETA da Holanda, juntamente com o governo holandês estão a elaborar uma lista de todos os testes de laboratório em animais que continuam a ser realizados na Holanda. Julia e Yvonne vão depois ajudar o país a fazer a transição para métodos científicos de experimentação sem exploração animal, conta o Green Savers.
“Esta inovadora decisão é a primeira do seu género a ser tomada por qualquer país. E, reflete tanto as inovações tecnológicas em áreas de ponta da ciência como a mudança da atitude em relação à ética do uso de animais em experiências”, disse a PETA.
Partilha:

Comentários:

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.