A ministra da Administração Interna sugeriu a "utilização comunitária" para terras abandonadas.

Agricultura

A ministra da Administração Interna sugeriu a "utilização comunitária" para terras abandonadas, assim como, o desenvolvimento de um cadastro florestal que ajude a identificar essas terras abandonadas.

"Temos também que rever o nosso sistema de propriedade, porque, se as pessoas abandonam as suas terras e não têm interesse nelas, deveremos encontrar uma solução para haver uma utilização comunitária [desses terrenos]", afirmou Constança Urbano de Sousa, ministra da Administração Interna.

O Governo tem a intenção de passar a posse de terras abandonadas para as autarquias, que ficarão responsáveis pela sua gestão e exploração.

Fonte: JN
Foto: Lusa/EPA
Partilha:

Comentários:

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.