Na economia circular, os materiais e produtos condenados ao lixo ganham uma 2ª vida, sendo reutilizados, recuperados ou reciclados.

Economia circular

A economia circular desafia o modelo linear de produção de bens, em que as matérias-primas são extraídas, os produtos são produzidos, vendidos, usados e descartados como resíduos. No modelo circular, os materiais e produtos condenados ao lixo voltam ao ciclo produtivo, onde são reutilizados, recuperados ou reciclados, ganhando uma segunda vida. Trata-se de um círculo contínuo que traz benefícios para o ambiente, através da diminuição do recurso às matérias-primas, poupança para os consumidores e vantagens socioeconómicas, uma vez que representa um estímulo à criatividade na redução de custos, fomenta a criação de emprego, assim como a possibilidade de melhorar e prolongar as relações com os diferentes parceiros.

O atual modelo linear de negócios providencia produtos em larga escala, a custos cada vez mais reduzidos, favorecendo as economias desenvolvidas, através da utilização insustentável de recursos naturais. Em 2012, a Comissão Europeia (CE) publicou um documento intitulado “Manifesto para uma Europa Eficiente de Recursos”, onde defendia que “num mundo com crescentes pressões sobre os recursos e o ambiente, a UE não tem escolha a não ser ir para a transição para uma economia circular eficiente dos recursos e, finalmente, regenerativa”.

Segundo a CE, a economia circular poderá ajudar a gerar uma poupança de cerca de 600 mil milhões de euros nos negócios, para além de contribuir para a redução nas emissões de CO2 e para a poupança de água e energia. De facto, até 2020, para cumprir os objetivos da agenda da Estratégia Europa 2020, pretende-se que a reciclagem de resíduos chegue aos 50%. O plano inclui, ainda, uma nova proposta legislativa para os resíduos e prevê que a economia circular crie 2 milhões de postos de emprego na Europa e um aumento de 30% na produtividade dos recursos, até 2030.

Fontes: Expresso e Lipor
Partilha:

Comentários:

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.