O mercado da reciclagem de embalagens vai abrir-se à concorrência com o surgimento da Novo Verde.

Contentores de reciclagem

O monopólio da Sociedade Ponto Verde, a única empresa em Portugal com autorização para gerir os resíduos de embalagens, termina em janeiro de 2017. O mercado da reciclagem de embalagens vai abrir-se à concorrência com o surgimento da Novo Verde. O Ministério do Ambiente vai atribuir as licenças aos dois operadores em setembro e prevê que ambos comecem a operar em 2017.

O fim do monopólio visa a redução dos custos e do preço de aquisição das embalagens recicladas. Os produtores de embalagens vão passar a comprar os resíduos reciclados por um valor mais baixo, prevendo-se que esta poupança se repercuta no consumidor, segundo a Ambiente Magazine.
Partilha:

Comentários:

2 comentários. Diz-nos o que pensas

  1. Parece-me ser uma boa ideia. Mas a ver vamos, mas espero que seja um incentivo para um sistema de recolha de resíduos de reciclagem bem diferente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Sónia,

      Normalmente, quando um mercado começa a funcionar, ocorre uma diminuição dos preços e um aumento da inovação. Quando existe um monopólio, a empresa pode fazer os preços que pretende e não necessita de inovar...
      Por isso penso que seja positivo.

      Um abraço,
      Mab

      Eliminar

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.