Em 2012, Ninorta Bahno fugiu com a irmã da guerra civil na Síria. Hoje em dia é fluente em alemão e retomou os estudos em Direito.

Ninorta Bahno

Em 2012, Ninorta Bahno fugiu com a irmã da guerra civil na Síria. Hoje em dia é fluente em alemão e retomou os estudos em Direito. A 3 de agosto, será coroada como a rainha do vinho da região produtora de Olewig, na Alemanha.
A jovem de 26 anos disse que aceita o cargo, que tem como principal função promover o vinho da região.
"Eu queria ser juíza", explicou. Mas a guerra civil tornou a vida cada vez mais perigosa na cidade de Qamishli, perto da fronteira com a Turquia. Assim, Ninorta e sua irmã Fadia, que tem hoje 29 anos, abandonaram a terra natal em 2012.

Na Alemanha, Ninorta retomou os estudos em Direito, mas teve de começar do início, pois as legislações são muitos diferentes das da Síria. Ela e a irmã aprenderam rapidamente o alemão e começaram a trabalhar como tradutoras para grupos de refugiados. Foi assim que, em 2015, Ninorta chamou a atenção dos organizadores da Festa do Vinho de Olewig.
Além de estudar, Ninorta também dá aulas de aramaico e começará em setembro um estágio na Agência Federal do Trabalho, conta o DW.
Partilha:

Comentários:

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.