Juan Trevino esteve perdido durante 44 horas numa serra mexicana, mas pode contar com a ajuda do cão Max, que o seguiu e não o abandonou.

Labrador retrivier

Juan Trevino, de 14 anos, esteve perdido na Serra de Galeana, no México, durante 44 horas, mas, felizmente, teve uma ajuda: Max, um cão de raça Labrador Retriever, com quem ele se tinha encontrado umas horas antes, não saiu do seu lado.

Como conta o Metro, Juan caiu de uma ravina depois de se ter separado dos outros membros do acampamento de verão. A queda deixou-o ferido, mas Max seguiu-o e ajudou-o a manter-se quente. “Ele ficou comigo o tempo todo, o que me fez sentir seguro. Agarrei-o e pu-lo nas minhas pernas para não ter tanto frio e abracei-o”, contou o rapaz.

Max também encontrou uma poça de água de onde ambos puderam beber. “Nessa parte da serra, é muito fácil ficar-se perdido. Para além disso, fica muito frio à noite (…) O rapaz teve sorte em encontrar o cão”, explicou Martin Castillo, director adjunto da polícia local, que encontrou ambos ao fim de 44 horas.
Embora a família de Juan tenha querido adoptá-lo, Max já tinha um lar.

Juan Trevino
Partilha:

Comentários:

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.