Assista ao vídeo da Greenpeace “A História de uma Colher”.

Colher de plástico

Pratos, talheres e copos de plástico descartáveis estão em todo o lado – no trabalho, na comida take-away, nas máquinas de café – e, às vezes, o processo de fabrico deste artigos para usar uma vez e deitar fora pode consumir mais recursos do que a própria comida que se está a comer com eles.
O que é preciso para se criar uma colher de plástico? O vídeo da Greenpeace “A História de uma Colher” conta a história mesmo, mesmo do início.



O vídeo não conta, no entanto, o capítulo seguinte da história – o que acontece ao talher de plástico quando é deitado no lixo. Estes artigos são tão baratos para o consumidor que costumam ser grátis, mas os plásticos descartados constituem cerca de 18% de todo o lixo produzido nos E.U.A., segundo a EPA (Environmental Protection Agency), explica o TreeHugger. Isto sem contar com os artigos que são reciclados, nem com os que nunca chegam aos aterros e acabam nas bermas dos passeios ou como poluição no oceano.

“Compramos coisas pela sua conveniência sem nos apercebermos de que a sua produção e destruição não são, de todo, convenientes”, escreve Arin de Hoog no blog da Greenpeace, explicando que o vídeo é um apelo a que as pessoas parem e pensem, realmente, no que compram.

Se já leva consigo, na sua carteira ou pasta, uma garrafa de água reutilizável ou uma garrafa-termo com chá ou café, porque não começa a levar, também, uma colher de metal, madeira ou bambu?
Partilha:

Comentários:

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.