Os naturalistas Martius e Spix recolheram exemplos de canções populares, que publicaram no Anexo Musical do livro “Viagem pelo Brasil”.

Lundu

Entre 1817 e 1820, os naturalistas Martius (botânico) e Spix (zoólogo) percorreram várias regiões brasileiras e recolheram exemplos de canções populares, que publicaram no Anexo Musical do livro “Viagem pelo Brasil” (Reise in Brasilien).

O Anexo Musical que conta com um lundu, canções populares brasileiras e melodias indígenas (recolhidas por Martius diretamente em tribos indígenas desde Minas Gerais à Amazónia, entre 1817 e 1820) foi impresso na casa editorial Falter und Sohn, em Munique, em 1826. No caso das canções populares, Martius apenas anotou as letras, cabendo a Theodor Lachner, pianista da ópera de Munique, o arranjo ou a composição musical.





Martius era um músico amador que tinha uma relação próxima com os compositores da família Lachner, com Mendelssohn, Liszt e com Goethe com quem discutiu o Anexo Musical da "Viagem pelo Brasil" ao longo do processo editorial, entre 1824 e 1825.

Fonte: USP
Imagem: Lundu por Johann Moritz Rugendas, em 1835
Partilha:

Comentários:

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.