O número de linces nas florestas da Noruega registado durante o Verão é o mais baixo desde 2004.

Lince euroasiático

O número de linces nas florestas da Noruega registado durante o Verão é o mais baixo desde 2004, conta o The Local.
O lince euroasiático (Lynx lynx) é um felino selvagem natural da Noruega, Suécia e da Sibéria, assim como de outros países da Europa de Leste e da Ásia Central. Entre as suas presas comuns encontram-se os veados e as raposas.

Durante o Verão de 2016, foram registados 9,5 grupos de famílias de linces nas regiões de predadores selvagens, abrangendo Vestfold, Buskerud, Telemark e Aust-Agder. Isto constitui uma redução de 6,5 grupos familiares em relação ao ano passado, de acordo com a NRK, a emissora de rádio e televisão da Noruega.

É uma grande diminuição para um período de apenas um ano, contou Jørund A. Ruud, diretor do Comité de Gestão de Predadores regional. Também se verificaram declínios nos números de linces em outras regiões, incluindo Oppland, Oslo, Akershus e Østfold – o que perfaz uma queda de 14% nos números destes felinos em relação ao ano passado.

Este número é também 20% mais baixo do que o definido pelo governo norueguês como o valor mínimo desejado destes animais na natureza. A caça é uma das causas da diminuição de linces no país. Em algumas regiões, onde os grupos de famílias excedem os 12, foram introduzidas maiores quotas de caça para reduzir o número destes animais.

Jørund A. Ruud não se mostrou preocupado com estes dados, mas Sigrid Dahl, do grupo Amigos da Terra da Noruega (Naturvernforbund) vê com preocupação estes números. “Quando as populações diminuem tanto, é difícil ter em consideração as oscilações naturais que sempre ocorrem nos números. Consideramos profundamente preocupante que a população [de linces] seja gerida desta forma”, declarou.

Poto: Tom Bech/Flickr
Partilha:

Comentários:

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.