Klinker é a única cadela certificada que consegue identificar pelo cheiro uma bactéria que dizima populações inteiras de abelhas.

Klinker

Klinker vive em Maryland, nos EUA, e parece uma cadela normal. Mas não é. Klinker é o único cão certificado nos Estados Unidos que consegue identificar pelo cheiro uma bactéria específica que dizima populações inteiras de abelhas. Esta bactéria é responsável pela doença Loque americana, que afeta abelhas jovens e pode matar toda a população de uma colmeia, num curto espaço e tempo. O Departamento de Agricultura dos EUA considera esta doença bacteriana uma das mais destrutivas que afetam as abelhas, tanto nos EUA como na Europa.


Mas Klinker está aqui para salvar o dia das abelhas (e o nosso). Ela foi treinada para detetar esta bactéria – e é mais eficiente nisto do que qualquer ser humano. A cadela consegue inspecionar até 1000 colónias de abelhas por dia, detetando a doença cedo e prevenindo, assim, a destruição maciça das colónias. Normalmente, quando a bactéria é descoberta já é demasiado tarde para salvar as abelhas. Os apicultores costumam optar por queimar, desumanamente, toda a colónia para impedir que a doença se alastre.




Fonte: UpWorthy
Partilha:

Comentários:

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.