A votação do dia 24 de junho sobre a extensão da licença do glifosato voltou uma vez mais a não conseguir a maioria qualificada necessária.

Imagem contra o glifosato

A votação do dia 24 de junho sobre a extensão da licença do glifosato voltou, uma vez mais, a não conseguir a maioria qualificada necessária. França e Malta votaram contra e sete países abstiveram-se (Portugal, Alemanha, Itália, Áustria, Luxemburgo, Grécia e Bulgária).

“Na segunda-feira dia 27 de junho, o Comissário Andriukaitis irá informar sobre os resultados de hoje do Comité de Recurso e discutir quais os próximos passos a serem dados”, informou um porta-voz da Comissão Europeia.
Cabe agora à Comissão decidir até 30 de junho sobre o futuro do glifosato.
Caso a Comissão Europeia não decida a favor da renovação da licença, o herbicida será banido do mercado até ao fim de 2016.

Fonte: Reuters e Feednavigator

Partilha:

Comentários:

1 comentários. Diz-nos o que pensas

  1. Esperemos que a Comissão Europeia proibiba este veneno! Watching the news! #Monsanto #AbaixoMonsanto #Weedkiller

    ResponderEliminar

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.