Ashis Paul desenvolveu um sistema de arrefecimento do ar, que não necessita de eletricidade e é feito de garrafas de plástico, no Bangladesh.

Eco-cooler

O calor sufocante do verão no Bangladesh inspirou Ashis Paul a desenvolver um sistema de arrefecimento do ar DIY, que não necessita de eletricidade e é feito de garrafas de plástico, para ajudar os habitantes das zonas rurais do Bangladesh a combater as temperaturas abrasadoras. Em apenas 3 meses, a empresa de Ashis Paul ajudou a instalar os seus “ar-condicionados”, chamados Eco Coolers, em 25 000 casas, conta o Inhabitat.

O inventor do Eco Cooler quis colocar o conceito do seu ar-condicionado, que será o primeiro a não precisar de eletricidade, à disponibilidade de todos, de modo a conseguir ajudar o maior número possível de pessoas. Com a ajuda do Grey Group, isto tornou-se possível: a influente empresa de publicidade disponibilizou os planos online, para que qualquer pessoa possa construir o seu próprio Eco Cooler.

A construção do Eco Cooler é bastante simples:
  1. Corta-se um prancha de modo a caber na janela onde se vai instalar o Eco Cooler.
  2. Recortam-se círculos do tamanho do gargalo de uma garrafa PET ao longo da prancha, formando um padrão uniforme.
  3. Corta-se a parte inferior das garrafas – que é descartada –, o que nos deixa com umas partes de garrafa em forma de funil.
  4. Colocam-se estes funis na prancha. E já está! Agora só falta instalar o Eco Cooler na janela, com a parte cortada das garrafas para fora, de modo a que o ar entre pela janela através dos gargalos, arrefecendo no processo.
Segundo o Grey Group, este “ar-condicionado” DIY tem a capacidade de reduzir até 5ºC as temperaturas interiores, dependendo das condições. O Eco Cooler pode ser, assim, uma brisa de ar fresco para quem vive em cabanas de lata que amplificam as temperaturas insuportáveis de um clima tropical.

Eco-cooler

Eco-cooler

Eco-cooler


Partilha:

Comentários:

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.