A PETA chocou os clientes de uma loja em Banguecoque com uma campanha contra a utilização de couro de animais exóticos na indústria da moda.

Carteira de pele de cobra com o interior como se fosse carne viva

A PETA e a agência Ogilvy chocaram os clientes da loja “The Leather Work” em Banguecoque com uma campanha contra a utilização de couro de animais exóticos na indústria da moda.

A organização colocou órgãos que pareciam vivos e um líquido vermelho como o sangue no interior das malas, carteiras, cintos, luvas, sapatos e casacos de pele de cobra ou crocodilo.



Antes das peles chegarem às lojas os animais são vítimas de maus-tratos, sofrendo com dor e medo e alguns são esfolados vivos.
Todos os anos, segundo a PETA, mais de mil milhões de animais são mortos na indústria de peles. E, a indústria de peles exóticas retira a vida a milhões de cobras, crocodilos, focas, zebras e outros animais.

Fonte: PETA

Casaco de couro com o interior como se fosse carne viva

Carteira de couro cujo forro parece que tem carne viva
Partilha:

Comentários:

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.