O Madeira Film Festival 2016 promove a ligação do cinema à natureza, de 25 de abril a 1 de maio.

Cartaz do Madeira Film Festival

O "festival de cinema de natureza" decorre de 25 de abril a 1 de maio de 2016.

Cerca de 50 realizadores, atores e produtores de cinema vão participar durante esta semana na 5ª edição do Madeira Film Festival, uma iniciativa que promove a ligação do cinema à natureza.

"É um festival de cinema de natureza, pelo que os filmes têm de ter algum tipo de ligação com a natureza, independentemente do grau", diz Elsa Gouveia, membro da direção do evento.
Até ao dia 30 de abril, serão exibidas no Teatro Municipal Baltazar Dias, no centro do Funchal, 16 longas-metragens e 22 curtas, animações, documentários e ficção, oriundas de países como a Hungria, o Reino Unido, os EUA, Portugal, Espanha, Brasil, Suécia, Noruega e Bélgica.

A mostra de filmes é acompanhada, durante as manhãs de quarta-feira a sábado, com palestras, conferências e "workshops" e, também, com passeios na Floresta Laurissilva, Património Mundial da UNESCO. "Ao cabo de 5 edições, há ainda muito para caminhar, mas digamos que conseguimos atingir a consolidação do modelo", disse Elsa Gouveia, realçando que a organização está a tentar criar na Madeira um evento cinematográfico de relevo no panorama internacional.

O festival não é competitivo e a organização atribui a todos os participantes no Madeira Film Festival o galardão de Embaixador da Floresta Laurissilva.

Trata-se de cinema independente, ou seja, não se destina a pessoas que procuram apenas o entretenimento, mas que procuram outras perspetivas. "São filmes que, de alguma forma, fazem pensar e mexem com as pessoas", afirmou. Dois dos filmes que vão ser exibidos no Madeira Filme Festival foram rodados na região: "Um sonho soberano", do realizador Gonçalo Guerra, e "Terroflowerist", do madeirense João Ferreira.

Fonte: P3

Trailer do Madeira Film Festival de 2015:

Partilha:

Comentários:

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.