O Congresso do Peru aprovou a extensão por 3 anos da isenção do imposto geral sobre as vendas de livros e produtos editoriais (antes de 18%). O projeto, cujo objetivo é democratizar o livro e fomentar a leitura, foi aprovado numa 1ª votação, com 80 votos a favor, nenhum contra e uma abstenção; foi reafirmado numa 2ª votação e ficou livre para a promulgação pelo presidente da República.
De acordo com o El Espectador, a medida procura incentivar a indústria editorial dedicada à edição, publicação, distribuição, importação e venda de livros e produtos editoriais.
A lei é válida até 31 de Dezembro de 2018, podendo depois ser estendida.

Fontes: El Espectador e Green Savers
Partilha:

Comentários:

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.