Os projetos de lei votados dia 22 de janeiro para acabar com o cultivo e comercialização de produtos com Organismos Geneticamente Modificados (OGM) foram todos chumbados pelo PS, PSD e CDS.
As iniciativas foram propostas pelo Bloco de Esquerda, PCP, Verdes e PAN, que votaram a favor, enquanto a deputada socialista Inês de Medeiros se absteve nos 4 projetos de lei.
Portugal continuará, assim, a ser dos últimos países da União Europeia que ainda não baniram o uso de OGM na agricultura.
Os argumentos dos 4 partidos para a proibição da produção e cultivo de OGM na agricultura portuguesa relacionavam-se com a saúde e o ambiente e são justificados com o princípio de precaução devido à “incerteza científica” acerca dos seus efeitos, além de a União Europeia ter passado a decisão para cada Estado Membro.



Fontes: Observador, Bloco de Esquerda e PAN
Partilha:

Comentários:

1 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.