Duas tartarugas marinhas destinadas a acabar num prato como refeição na Papua-Nova Guiné foram devolvidas ao mar por Arron Culling e o seu colega de trabalho Mark.
"Encontrei-as no mercado local", escreveu Culling no Facebook na passada sexta-feira. "Comprei-as por 50 dólares, conduzi durante 5 km e deixei-as ir". Estas não foram as primeiras tartarugas que Culling e o seu colega salvaram, tendo já libertado cerca de 10 tartarugas.
Existem 7 espécies diferentes de tartarugas marinhas no mundo e quase todas estão em perigo, uma vez que a pesca de tartarugas marinhas ainda é legal na maioria dos sítios.

Fonte: Bored Panda



Partilha:

Comentários:

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.