A caravana do circo regressa ao Coliseu do Porto para celebrar o Natal e desta vez não traz animais enjaulados. Traz um conceito “mais contemporâneo e mais inovador” com palhaços, mágicos de Veneza, equilibristas de Xangai, uma acrobata do ‘Cirque du Soleil’, entre outros.

Esta é a primeira vez que o Coliseu irá apresentar um espetáculo circense do qual foram excluídos os animais. “Não faz qualquer sentido exibir animais enjaulados” e isso "não é compatível com a sociedade contemporânea”, informou Eduardo Paz Barroso, presidente do Coliseu.

O objetivo para esta edição passa por “qualificar artisticamente e esteticamente” o circo, revelou. Na opinião do dirigente, "cada coisa deve estar no seu lugar” e o lugar dos animais não é no circo, e garantiu que esta tendência é para manter enquanto se mantiver como responsável pela sala.

Este ano, de 11 de dezembro a 3 de janeiro o circo contará com: equilibrismo, acrobacia, trapézio, malabarismo, trampolim, aéreo de tecidos e fitas, palhaços e “muita magia”, informa o Coliseu no seu comunicado.

Este “é um espetáculo para famílias”, que pretende “reinventar” o circo. “É uma pequena máquina de felicidade”, considera o responsável pela sala de espetáculos.

Fonte: Expresso
Partilha:

Comentários:

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.