A França, o maior produtor europeu de milho, notificou a Comissão Europeia da sua intenção de banir o cultivo de culturas transgénicas à luz das novas regras da UE. A Diretiva 2015/412, de março de 2015, permite a possibilidade de cada Estado Membro restringir ou proibir o cultivo de organismos geneticamente modificados (OGM) no seu território.

Juntamente com a França, também a Alemanha, a Áustria, a Bulgária, Chipre, a Croácia, a Dinamarca, a Eslovénia, a Grécia, a Holanda, a Hungria, a Itália, a Letónia, a Lituânia, a Polónia, e ainda algumas regiões administrativas (Escócia, Irlanda do Norte, País de Gales e Valónia), anunciaram já a sua intenção de banir o cultivo OGM, ou seja, 63% da população e 66% da terra arável da UE.

Isto significa que a maioria dos governos da UE está interessada na proteção da agricultura, da alimentação, do ambiente e da saúde das pessoas.
A questão que fica é: para quando Portugal? Somos sempre os últimos a apanhar o comboio?


Fonte: Transgénicos Fora
Partilha:

Comentários:

2 comentários. Diz-nos o que pensas

  1. Olá MAB!

    Esta já era mais que esperada!

    De resto cá pelas terras lusas os tais dos deputados eleitos pela MANADA de boçais ainda recentemente manteve a autorização da comercialização do nosso Amigo! Se te apetece RIR vai aqui ao parlamento e... boas gargalhadas!

    Claro que como os boçais continuam a votar sempre nos mesmos salafrários já sabemos que NADA VAI MUDAR!

    Venham de lá os OGM! Afinal, construímos a Barragem em Alqueva para quê?

    Abr
    voza0db

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois... Felizmente temos uns políticos que sabem sempre decidir o que é melhor para todos nós!
      Um abraço,
      Mab

      Eliminar

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.