A DC Entertainment e a Warner Bros. uniram-se e enviaram para o Corno de África os super-heróis da Liga da Justiça: o Super-Homem, o Lanterna Verde, o Aquaman, o Batman, a Wonder Woman, o Flash e o Cyborg.

Os membros da Liga da Justiça da América, da DC Comics, são os principais embaixadores da campanha "We Can Be Heroes", que procura combater a fome na Etiópia, Somália e Quénia.
Segundo a DC Entertainment, esta é a maior seca e a maior fome, na região, em mais de 60 anos. "13 milhões [de pessoas] precisam de assistência urgente e 250 mil estão privadas de comida, só na Somália", diz o comunicado de imprensa da DC Entertainment.

A Warner Bros. e a DC decidiram doar 2 milhões de dólares (1,5 milhões de euros) ao longo dos próximos dois anos, a três organizações de ajuda humanitária que estão a trabalhar no continente africano: Save the Children, International Rescue Committee e Mercy Corps.

Qualquer pessoa pode ser um super-herói ao doar também dinheiro para combater a fome. A DC promete igualar sempre qualquer outro donativo que for feito, desde que não exceda um milhão de dólares. Esses donativos podem ser feitos através do site "We Can Be Heroes", onde também é possível comprar "merchandising", com a certeza de que metade do seu valor reverte para a campanha.

A DC que já tinha participado numa acção de solidariedade parecida quando, em 1986, publicou "Heroes Against Hunger", um "comic book" que retratava a luta dos super-heróis contra a fome e cujas receitas das vendas ajudaram a Etiópia.

Fonte: Público

Partilha:

Comentários:

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.