Mafalda, a menina de 6 anos preocupada com a Humanidade, a paz mundial, os direitos humanos, a luta de classes, o capitalismo, a política e que se rebela contra o estado do mundo, foi desenhada pelo argentino Quino para um anúncio de electrodomésticos!

Umberto Eco, em 1969, definiu a Mafalda como “uma heroína zangada que recusa o mundo tal como ele é”.

Em 1976, a pedido da UNICEF, Quino ilustrou para o Ano Internacional da Criança, os 10 princípios da Declaração dos Direitos da Criança.






Partilha:

Comentários:

2 comentários. Diz-nos o que pensas

  1. AHAH!! também estou como a Mafalda... Democracia... tá bem tá... poucos são os que sabem que vivemos numa Telecracia... eheh Democracia!!!

    ResponderEliminar
  2. Pois, por enquanto é uma espécie de anedota...

    ResponderEliminar

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.