O Lenço dos Namorados é um lenço de linho fino ou de algodão, típico do Minho.

Era hábito as raparigas bordarem os seus lenços e entregarem-nos aos seus amados quando estes se iam ausentar. Nos lenços bordavam versos e vários desenhos com simbologias próprias.

Depois de terminado, o lenço acabaria por chegar ao amado, que o passaria a usar ao pescoço ou no bolso do casaco do fato domingueiro, de forma a mostrar que tinham iniciado uma relação. Se o namorado não usasse o lenço publicamente era sinal que tinha decidido não dar início à ligação amorosa.

É possível que a origem dos "Lenços de Namorados" ou "Lenços de Pedidos" esteja ligada aos lenços senhoris dos séculos XVII - XVIII, que posteriormente foram adaptados pelas mulheres do povo.

Os erros ortográficos que se encontram nas mensagens dos lenços antigos devem-se ao facto de serem uma transcrição fonética da pronúncia minhota feita por raparigas que tinham pouco domínio da escrita da língua portuguesa. Hoje em dia, admite-se a reprodução dos erros ortográficos presentes nos modelos antigos, mas não se aceita a invenção de erros inexistentes na pronúncia local.

Actualmente existe uma comissão técnica que funciona como órgão avaliador e de certificação deste tipo de artesanato.

Fonte: Wikipédia

Partilha:

Comentários:

3 comentários. Diz-nos o que pensas

  1. Linda tradição!Adorei ver!beijos,chica

    ResponderEliminar
  2. Olá Chica e Graça,
    Muito obrigado pela visita! :)

    Uma tradição colorida e que vale a pena preservar!

    ResponderEliminar

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.