A aranha Caerostris darwinin é uma das mais recentes descobertas científicas. Vive na selva de Madagáscar e tem a capacidade de produzir fios de seda dez vezes mais fortes do que o Kevlar, um dos materiais mais resistentes e o principal componente dos coletes à prova de bala.

Medem em média 3cm e conseguem produzir teias com 3m quadrados. As linhas que produzem chegam a medir 25m (as mais longas linhas e as maiores teias de que há registo na natureza).

A teia de grandes dimensões tem de "absorver uma quantidade enorme de energia cinética antes de partir" e é "dez vezes melhor que o Kevlar", dizem os investigadores.

Uma equipa conjunta da Universidade de Porto Rico e da Academia de Ciências da Eslovénia vai estudar a estrutura molecular do material, para compreender o que torna estas teias tão resistentes.

O comportamento e hábitos alimentares da darwinin são relativamente desconhecidos, mas os cientistas acreditam que estas teias possam capturar - para além de insectos pequenos - pássaros e morcegos.

Fonte: ionline

Consulte o artigo cientifico de Agnarsson e Kuntner aqui: http://www.plosone.org/article/info:doi/10.1371/journal.pone.0011234
Partilha:

Comentários:

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.