A ONU advertiu, no passado dia 22 de Fevereiro, que a enorme quantidade de resíduos electrónicos (computadores e telemóveis) produzidos hoje em dia, irá provocar graves problemas sanitários nos países em vias de desenvolvimento, se continuarem a não ser reciclados.

“A venda de produtos electrónicos em países como a China e a Índia e nos continentes africano e sul-americano deverá aumentar muito nos próximos 10 anos”, prevê um relatório do Programa das Nações Unidas para o Ambiente (PNUA). “Se não for lançada nenhuma política para recolher e reciclar estes equipamentos, numerosos países vão ver-se com montanhas de resíduos electrónicos perigosos, com consequências graves para o Ambiente e saúde pública”, alerta o relatório.

A China produz anualmente cerca de 2,3 milhões de toneladas de REEE (resíduos de equipamentos eléctricos e electrónicos), ultrapassada pelos Estados Unidos, com 3 milhões. Grande parte é incinerada e não é tratada de forma correcta, nota o PNUA.

Achim Steiner, director do PNUA afirma que é “urgente” pôr a funcionar métodos de reciclagem que “ofereçam o potencial de gerar emprego, reduzir as emissões de gases com efeito de estufa e recuperar importantes quantidades de metais”.


Referência: Público
Partilha:

Comentários:

2 comentários. Diz-nos o que pensas

  1. parabéns pelo blog! a imagem é arejada e apelativa e o conteúdo bem interessante! boa sorte e continuação de bom trabalho :)

    ResponderEliminar
  2. Olá Melroazul,

    Muito obrigado pelo comentário e pelos elogios!
    Boa sorte para o concurso Super Blog Awards! O seu blog é muito criativo e tem muitas possibilidades de ganhar. ;)
    Abraços
    Mab

    ResponderEliminar

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.