O Marine Stewardship Council (MSC) atribuiu à pesca da sardinha pela arte do cerco em Portugal a certificação de sustentabilidade e boa gestão da actividade piscatória, sendo esta a primeira pescaria portuguesa a obter certificação ao abrigo do programa internacional.

A ANOPCERCO (Associação Nacional das Organizações dos Produtores da Pesca do Cerco) foi criada em 1997 e o seu principal objectivo é assegurar a gestão sustentável dos seus recursos naturais.

As capturas da ANOPCERCO – que representam 95% da produção de sardinha em Portugal (com um nível de captura anual superior a 50 000 toneladas) - podem agora ser portadoras do eco-rótulo azul do MSC, que é reconhecido internacionalmente. A certificação abrange todas as embarcações de pesca costeira da Associação (com mais de 9 metros de comprimento), cuja actividade principal é a pesca do cerco.

O que diz a ANOPCERCO:

Humberto Jorge, Presidente da Direcção da ANOPCERCO declarou: “O processo de avaliação do MSC permitiu-nos retomar o debate, no que respeita à gestão sustentável dos recursos da pesca, não só no seio da indústria pesqueira, mas também a nível externo. Os pescadores e os parceiros comerciais têm-se mostrado bastante interessados ao longo de todo o processo. Compreenderam o que está em jogo, bem como os benefícios que a certificação MSC lhes pode trazer. É uma situação em que todos ganhamos. O MSC dá-nos a oportunidade de mostrar ao mundo o nosso claro empenho em matéria de sustentabilidade. A credibilidade do sector da pesca como um todo irá ser beneficiada com esta certificação do MSC e estamos confiantes de que irá contribuir no sentido de sensibilizar os consumidores portugueses para o facto de que as escolhas que fazem no mercado têm um impacto no futuro dos oceanos.”

O que diz o MSC:

Rupert Howes, Director Executivo do MSC afirmou: “quero felicitar os pescadores da arte do cerco pela obtenção desta certificação, que constitui um testemunho do seu sentido de oportunidade e do seu empenho no que se refere à sustentabilidade. (...) Este empenho por uma pesca sustentável permite garantir um futuro longo e proveitoso para a sua indústria e estou certo de que, com a atribuição do eco-rótulo MSC e com aumento da procura de pescado certificado sustentável, os pescadores irão encontrar novos mercados para o seu pescado.”


Referência: Marine Stewardship Council (MSC)
Partilha:

Comentários:

2 comentários. Diz-nos o que pensas

  1. Fantástico, que ideia original.Obrigado pela partilha.

    ResponderEliminar
  2. Acho que o mundo está cheio de ideias originais espalhadas por todo o lado! E a estátua do Semeador de Estrelas é uma delas!

    ResponderEliminar

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.