A Baby Milk Action realça que "a amamentação é a melhor alimentação inicial para uma criança. A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que um milhão e meio de crianças morrem por ano por não serem amamentadas. No entanto, apesar dos benefícios da amamentação, há mulheres de todo o mundo a serem pressionadas para utilizarem leite artificial, como resultado do marketing sem ética da indústria da alimentação para bebés". A Nestlé promove o seu leite em pó como substituto do leite materno em países em vias de desenvolvimento, o que tem um efeito mortífero nestes locais uma vez que há falta de água potável e más condições para a esterilização de biberões.

A marca Nestlé dá presentes a médicos para promoverem o leite em pó; faz contactos directos com as mães; faz teatros em clínicas e oferece amostras de forma a promover o leite em pó em países com elevada taxa de natalidade.

Por fim, pode ainda acrescentar-se que:

- A empresa não usa cacau ou café proveniente de comércio justo e compra a maior parte do seu cacau a fornecedores da Costa do Marfim, onde se diz que 90% das plantações usam escravos (crianças escravas também).
- Os produtos da Nestlé usam ingredientes geneticamente modificados.

Referências: Midia independente e baby milk

Partilha:

Comentários:

0 comentários. Diz-nos o que pensas

Obrigado pelo comentário! Respeite os outros leitores. Comentários ofensivos ou com linguagem imprópria serão eliminados.